Projecto de Promoção da Segurança Alimentar e Nutricional no Concelho de Santa Cruz, Cabo Verde

Home / , / Projecto de Promoção da Segurança Alimentar e Nutricional no Concelho de Santa Cruz, Cabo Verde
Cabo Verde, Projectos Finalizados

Descrição geral do projecto

O projecto será implementado no concelho de Santa Cruz, ilha de Santiago, dado ser um dos territórios onde o problema do escoamento da produção se tem sentido de maneira mais acentuada.
Embora o actual Programa Alimentar Mundial assegure a distribuição das refeições quentes a 100% dos alunos do ensino básico, subsistem ainda limitações, tanto em termos de abastecimento (agravadas pela subida dos preços no mercado internacional), como em termos nutricionais (devido à limitada qualidade nutritiva dos produtos incluídos). Nas localidades de Chupana e Terra Branca, onde se localizam as escolas que serão abrangidas por este projecto, a comunidade escolar (cerca de 350 crianças) tem acesso a duas refeições diárias: de manhã recebem um copo de leite, que antes era acompanhado de uma fatia de cuscus de milho ou de trigo, mas que agora não se inclui por falta de meios, salvo quando os professores conseguem mobilizar alguns fundos para confeccionar o cuscus; no horário de intervalo recebem uma refeição quente, que é normalmente uma sopa de arroz ou de esparguete, ou arroz cozinhado.

Em face deste contexto, propõe-se como objectivo geral para este projecto contribuir para a segurança alimentar e nutricional a nível comunitário, através da melhoria das condições de escoamento da produção local e da valorização nutricional dos programas de alimentação escolar no concelho de Santa Cruz.

Este projecto tem como principais parceiros a Câmara Municipal de Santa Cruz, a Delegação do Ministério da Agricultura e Desenvolvimento Rural, a Delegação de Saúde de Santa Cruz, a Delegação do Ministério da Educação e Desportos e o Instituto Nacional Investigação e Desenvolvimento Agrário (INIDA), instituições que reconhecem a importância da iniciativa proposta tendo já manifestado disponibilidade imediata para apoiar a sua implementação e continuidade. Os pequenos produtores serão envolvidos directamente através da Federação dos Agricultores e Pecuários do Concelho de Santa Cruz (Federagro-Sta Cruz) que congrega as Associações ligadas ao sector agropecuário e ambiental do Município, em particular as que se localizam nas zonas de intervenção do projeto (Associação Agro-Montenegro, Associação Agrope-Ri- Seca, Associação dos Amigos do Ambiente da Aldeia de Cova de Barro, Associação dos Agricultores de Várzea Nova, Associação para Desenvolvimento de Matinho e Associação dos Trabalhadores Agrícolas Justino Lopes). Contará ainda com apoio técnico da Movimento Sviluppo e Pace (MSP) – Associazione di solidarietà Internazionale.

OBJECTIVOS

  • Contribuir para a segurança alimentar e nutricional das comunidades rurais do concelho de Santa Cruz;
  • Promover as condições de escoamento da produção local e da valorização nutricional do programa de alimentação escolar.

Destinatários|as

  • Beneficiários|as diretos: 100 agricultores ; 350 crianças das escolas de Chupana e Terra Branca.
  • Beneficiários|as indirectos: famílias rurais das comunidades envolvidas, comunidade escolar (professores e pais) e população geral; actores do governo local e central.

Local

  • Ilha Santiago, Concelho de Santa Cruz, localidade de Monte Negro, Ribeira Seca, Ribeira dos Picos e de Santa Cruz – Cabo Verde

Duração

  • 24 meses (1 de Janeiro de 2013 a 31 de Dezembro de 2014)

Actividades

  • Introdução de novas culturas nas Comunidades abrangidas pelo projeto;
  • Formação dos/as beneficiários/as e agentes envolvidos no projeto;
  • Instalação do Centro de Recolha, Tratamento, Embalagem e Certificação de Produtos Agrícolas;
  • Implementação de Sistema de Gestão de Qualidade e de Segurança Alimentar para Certificação dos Produtos;
  • Estudo da situação nutricional das crianças em idade escolar (6-7 anos e 9-10 anos), no início e no final do projecto;
  • Programa de Sensibilização e Educação para a Saúde;
  • Implementação da iniciativa-piloto.

Entidades Financiadoras

  • Fundação Calouste Gulbenkian

Mais informações

Related Projects
Contacte-nos

Fale Connosco.