Projeto Saúde na Prisão

Descrição Geral do Projeto

Portugal está entre os países da Europa com maior sobrelotação nas cadeias e é um dos países europeus com maior duração média das penas de prisão. Para cada 100 vagas, em Portugal temos 111 reclusos.

Portugal tem uma das mais altas taxas de suicídio das cadeias europeias, para o que contribui a limitação dos serviços na disponibilização de atividades que possam estimular o desenvolvimento intelectual e valorização pessoal dos reclusos, transmitindo esperança e fomentando valências úteis na planificação da vida em liberdade.

São limitadas as dinâmicas de cooperação, entretenimento, reflexão e desenvolvimento para a sustentabilidade e reinserção social após o cumprimento da pena oferecidas pelo Estabelecimento Regional Prisional de Viseu. São precários os acessos a cuidados de saúde permanentes e de qualidade, sobretudo no que diz respeito a medidas de promoção e educação para a saúde, incluindo medidas estimuladoras da cessação tabágica e da adoção de atitudes nutricionais saudáveis.

A prisão é um lugar de cumprimento de pena que visa a reeducação, ressocialização e reintegração na sociedade dos indivíduos que cometeram crimes, sendo essencial garantir a qualidade de vida durante esse período, promovendo dinâmicas culturais, de esperança e renovação pessoal.

O “Saúde na Prisão” pretende que a privação da liberdade traga algo de positivo e permita alguma reabilitação e preparação para a integração na vida ativa, através de momentos de partilha onde todos os participantes se possam rever, expondo os seus receios e esperanças.

Queremos promover uma catarse que conduza à renovação individual, através do desenvolvimento de talentos e capacidades.

Para muitos destes reclusos, a participação em clubes de arte, leitura ou escrita, a partilha de conhecimento em workshops de promoção e educação para a saúde e a reflexão sobre princípios básicos da vida em sociedade, será o mote para a procura de um significado para as suas vidas.

Objetivos

Contribuir para uma reinserção social eficaz;
Promover alteração de comportamentos de risco e/ou nocivos à saúde;
Promover apoio psicológico através de sessões de grupo e atividades promotoras da saúde mental;
Promover uma reflexão sobre princípios básicos da vida em sociedade;
Caracterizar a população-alvo.

Destinatários(as)

Reclusos do estabelecimento prisional de Viseu

Entidade Financiadora

Até maio de 2019, pela Junta de Freguesia de Viseu através do “Apoio ao Associativismo 2017.

Entidade Parceira

Estabelecimento Prisional Regional de Viseu

Local

Estabelecimento Prisional Regional de Viseu

Duração

Desde 2017 e atualmente a decorrer.

Atividades

Atividades quinzenais de promoção de saúde física e mental.

Mais Informações

+351 91 727 74 97

delegacaocentro@saudeportugues.org

Galeria